Escrever ...


Sentir. Expressar. Palavras. Banais. Não vivo de palavras difíceis em significá-las, não sei usá-las, admito, até queria, e até tento, e é legal descobri-las, tantas e tantos significados. Surpreendem. Um dia aprendo, mas por enquanto me expresso como posso, não me formei em nada ainda, e não sou escritora também, pelo que sei. Sou formada por carne, osso, alma e espírito como me dizem, enquanto não aprendo ou me formo em algo qualquer vou me virando assim, por enquanto tá sendo o suficiente, consigo sentir, com ou sem intensidade, eu sinto e escrevo, é o que importa não é? Para mim é. Sentir é perigoso. Eu gosto do perigo. É excitante. Sinto. Escrevo.


2 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Eu tive uma professora de protuguês que dizia: Se você quiser inventar, invente. Mas se quiser não errar, faça o seu feijão com arroz. Não use um termo que não tem certeza do significado, troque por algo simples, mas que vc esteja certo que transmite exatamente o que vc quer dizer e eu faço isso até hoje. Palavras difíceis passam uma sensação que vc escreve para uma elite, e ainda corre o risco de ser mal interpretada.
Adoro a simplicidade.

Beijos de saudades guria!

Curiosa disse...

pois eu adorei como você escreve ... adorei a sensualidade do blog ... beijos ...
grata pelas palavras e pela visita ao meu blog ...

Obrigada JT.

Obrigada JT.

Obrigada,

Obrigada,
Recebi este selo do blog :eroticamenteincorreto.blogspot.com (vale a visita)

Mais um lindo presente

Mais um lindo presente
Vale a pena conferir seu blog !!!