Nããão !!!



Eu digo não, não e não, mas as músicas insistem em falar de amor. Eu digo não, mas os pássaros ainda pousam nas flores, beijam-nas, bem-as-querem, bem-as-vê. Eu digo não, mas o vento ainda sopra doce, suave e fresco. Eu, digo não, mas o rio ainda corre renovando-se em águas límpidas. Eu digo não, mas a ovelha ainda se perde toda vez que a história é contada! Eu digo não, mas o sol e a lua continuam com suas rotinas desde a criação, com dia e noite, respectivamente. Eu digo não, mas a lagarta não se cansa de sair borboleta do casulo, motivando outras a fazerem o mesmo. Eu digo não, mas das sementes ainda brotam as flores e frutos, e a vida mantém o seu ciclo. Eu digo não, mas tudo continua acontecendo… e eu continuo me envolvendo.


4 comentários:

Diana Carla disse...

então não tente impedir o curso natural das coisas e deixe acontecer!!!

belo texto...

bjinhus Lu...

Poeta del Cielo disse...

o amor esta en tudo.... siga dela o curso da vida..

saludos
abracos

otima semana

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Tema ré.corrente que a.prende a ti... ;)

Belíssimo texto e bela reflexão também! ;)

Pilar disse...

No puedes detener el curso del agua en el rio, ni el fluir del humo de una hogera.
La vida y el amor, siguen su propio impulso.

Obrigada JT.

Obrigada JT.

Obrigada,

Obrigada,
Recebi este selo do blog :eroticamenteincorreto.blogspot.com (vale a visita)

Mais um lindo presente

Mais um lindo presente
Vale a pena conferir seu blog !!!