Dias cinzentos

Tem dias em que tudo está cinza. Não só o céu, não só o ar, a alma também. São dias em que a gente pensa na vida e, por mais que esteja feliz com ela, não se sente satisfeita. Dá pra reconhecer esses dias de longe, e é engraçado porque parece que os dias cinzentos são coletivos. Dá uma tristeza... uma tristeza que não é egoísta, também se apóia nas coisas do mundo: uma criança na rua sem abrigo, um amigo que perdeu uma pessoa querida, um desconhecido chorando no metrô. Dá vontade de abraçar todas as tristezas do mundo, e apenas dizer que vai ficar tudo bem.
São dias em que tudo parece sem sentido, porque mesmo que esteja tudo correndo bem na nossa vida parece que ainda falta alguma coisa, que não sabemos dizer o que é. Mas a verdade é que por mais tristes que esses dias sejam, são ele que nos fazem buscar o melhor da gente. Tentamos achar o que está faltando e então descobrimos outras (maravilhosas) coisas que não sabíamos. E por mais que nos completemos, por mais que fiquemos felizes, os dias cinzentos sempre voltam, porque, no final das contas, nós precisamos muito deles.



3 comentários:

Ângelo disse...

Dias cinzentos são necessários para descarregar a fúria da chuva que está dentro. Aquelas nuvens todas têm em si um muito de cargas que precisam cair. Chova em seus dias cinzentos e o dia seguinte será de sol. O que ninguém merece é uma temporada inteira de dias cinzentos, ah, isto é muito cansativo...

Ângelo disse...

Lu, dá uma passada lá na viagem. Tem um presente para você!

Quase Blog da Li disse...

E o cinza também é uma cor...
abraços,
li

Obrigada JT.

Obrigada JT.

Obrigada,

Obrigada,
Recebi este selo do blog :eroticamenteincorreto.blogspot.com (vale a visita)

Mais um lindo presente

Mais um lindo presente
Vale a pena conferir seu blog !!!