Hoje eu acordei meio nostálgica

Saudades de correr pela rua,tomar banho de chuva, dormir abraçada, carinho na nuca, sorriso na ida, abraços na volta.
Penso em quantas pessoas já passaram em minha vida. Tentei jogar as lembranças fora, mas ao selecioná-las, vi o tanto que eu ainda estava apegada.
Me peguei relendo e-mails, vendo fotos, resgatando sentimentos. O fato de não estar presente não implica em não amar. Ou deixar de amar. Não se ama só uma vez, mas sim, quantas vezes forem necessárias.
Queria o afeto de volta (sem saber o porquê de tê-lo perdido um dia). Queria de volta as risadas absurdamente altas. Queria de volta as piadas sem graça, mas contadas por alguém que entrou de graça em minha vida.
Queria voltar. Queria ficar. Não vou voltar pra dizer que não vivo sem. Eu vivo sim. Mas não quero. Não quero viver mais.
Que seja só saudade dos momentos felizes. Que seja só você.
Se está na lembrança é porque foi o bom o suficiente para ser guardado.


4 comentários:

Diana Carla disse...

Lucianna como me encontro aqui...

bom lembrar, bom reviver os momentos em pensamentos, mas não é bom tornar essas lembranças em sofrimento...então que lembre, que sinta saudade, que volte em pensamentos...Mas que aproveite o presente que olhe em volta e sorria sorria bastante e siga em frente!

bjinhus...

Andréa Silveira disse...

Oi Lucianna, td bem? Brigada pela visita e por seguir meu blog, vou seguir o seu tb, volte sempre! =) bjos!

http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

Lua Nova disse...

Olá, minha menina

Um texto impecável, gostoso de ler, daqueles que a gente fica pensando: 'Por que não escrevi isso?'...rsrsrs. Tá do jeito que eu gosto, intenso, denso, verdadeiro, envolvente... lindo.
Quanto ao amor, nós sabemos, ele tem o condão de ser inesgotável; quanto mais o dividimos, mais ele se multiplica.
Quanto a vc, bb, não se preocupe em esquecer. Tem uma música que a Betânia gravou que diz: 'Vou em paz, pois não temo a dor de amar demais.' Dói, sim, sem dúvida, mas a obrigação que nos impomos de esquecer, faz doer mais ainda. Preocupe-se em seguir em frente, em cuidar de vc. Não pense que é um conselho vazio. Nem bem é um conselho. To te falando da minha experiência, to te dando meu testemunho. Muitas vezes, nos apegamos ao sonho que não conseguimos realizar e não nos damos conta que o protagonista talvez fosse um equívoco. Mas a visão do sonho nos deixa meio cegos.
Nesse mundo nada é definitivo e, se a história de vcs ainda não terminou, a própria vida se encarregará de reaproximar vcs. Se não, então outros caminhos, outros sonhos...
Acredite, meu bem, no fim, a vida tem sempre razão.
Te gosto.
Beijos.

Brasil Desnudo disse...

O que seria de você, se não houvesse a saldade...
Ela faz parte do passado, mas está constantemente em seu presente..

Marcio RJ

Obrigada JT.

Obrigada JT.

Obrigada,

Obrigada,
Recebi este selo do blog :eroticamenteincorreto.blogspot.com (vale a visita)

Mais um lindo presente

Mais um lindo presente
Vale a pena conferir seu blog !!!